top of page

Qual o Sentido da Vida?

Muitas pessoas se perguntam ou perdem essa resposta conforme passam os anos. E para você: Qual o sentido da vida?

Bem, não tenho a pretensão de dar a resposta única e correta a esta questão. Mas, apenas dar o meu parecer sobre esta grande busca da humanidade. Pois, acredito que grandes filósofos, religiosos e estudiosos passam suas vidas buscando esta resposta - e muitos não encontram.

Você vai descobrir que o sentido da vida é composto por duas partes que podem mudar o rumo da sua vida.

Penso que a nossa vida é como se fosse um grande teatro ou uma verdadeira escola, onde representamos vários papéis e nesta representação vamos aprendendo, aprimorando, crescendo e nos desenvolvendo.


Então, acredito que o primeiro sentido da vida está no crescimento - a Vida subentende crescimento. Uma árvore quando pára de crescer, parece estar morrendo e nós também somos assim. Quando paramos de crescer estamos morrendo, ou seja, no caminho inverso ao crescimento. Por isso digo que a Vida é um eterno crescimento, sempre comparando o meu eu de hoje, com o meu eu de ontem. Se hoje estou mais alegre, mais amoroso, se meus relacionamentos são maiores e estão mais aprimorados, é sinal que estou crescendo.


Então aprendemos que vida é igual a crescimento. Mas até quando? Se nascemos, crescemos, aprendemos e morremos? E com isso muitas pessoas quando começam a envelhecer, dizem que a vida não tem mais sentido para elas. E para elas, responderei - complementando o crescimento, o sentido da vida no fim das contas é o amor, e isso independe da sua idade, do sexo, da sua raça ou cultura. É desenvolver e aprimorar a nossa capacidade de amar. Só encontramos significado nos momentos que o amor está verdadeiramente manifestado.


CRESCIMENTO + AMOR


E com isso não importa a sua idade, sua profissão, seus hábitos... Se você manifestar o amor nas coisas que faz, se realmente colocar o amor como carro-chefe - a sua vida jamais perderá o sentido, porque esta vibração fará com que você sempre esteja alinhado no verdadeiro sentido da vida.


Posso encerrar dizendo que o verdadeiro sentido da vida se resume em duas coisas: crescer, se desenvolver e amar.

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page