O Tempo Escondido Entre o Primeiro e o Segundo Passo

Olá galera, tudo bem? Primeiro quero agradecer a todo mundo que visita, lê, curti e compartilha as mensagens aqui do Instituto Henrique Amaral. Fico muito feliz em estarmos juntos nessa caminhada de aprendizado e reflexão sobre os mais diferentes caminhos. E por falar em caminho, nesse final de semana eu caminhei bastante, e pude perceber que tudo pode mudar a partir do primeiro passo. Que nós mesmos, nos transformamos durante essa caminhada.

O seu jeito e a sua fisionomia, seus pensamentos - tudo pode transformar-se a cada passo que você dá. É sobre aquela imensidade de tempo que existe entre o primeiro passo e o segundo, entre um piscar de olhos, entre você olhar ou não pela janela do carro, enquanto está indo para algum lugar e, ainda descobrir uma linda paisagem. Uma imensidão de possibilidades que te rodeia durante o dia todo e você, nem percebe tudo isso - e talvez não esteja percebendo até mesmo agora, enquanto você está aqui lendo, àquele um milhão de coisas estão acontecendo ao seu redor e você não vê.

Você pode começar seu dia com uma reunião conflituosa e terminar com um bom passeio de bicicleta, pode marcar um almoço com um amigo e acabar encontrando lindas flores no jardim do restaurante... Pode estar lendo essa postagem e outra pessoa estar encantada com o jeito que você move os olhos enquanto lê, e no final do artigo descobrir que você vai se apaixonar. Realmente tudo pode acontecer entre um passo e o outro, entre uma linha e a outra.

Para muitos, o tempo passa depressa. Para outros, nem tanto. Eu já ouvi dizer que o tempo é muito relativo: tudo depende de qual lado da porta do banheiro que você está, (do lado de fora, um minuto parece um ano, do lado de dentro, um minuto parece só um amontoado de segundos). E é aqui que vai ficando a pergunta desse post: De qual lado da porta você está? Curte comigo esse poema de Paulo Coelho:


Tempo Certo

De uma coisa podemos ter certeza:

de nada adianta querer apressar as coisas;

tudo vem ao seu tempo,

dentro do prazo que lhe foi previsto.

Mas a natureza humana não é muito paciente.

Temos pressa em tudo e aí acontecem

os atropelos do destino,

aquela situação que você mesmo provoca,

por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo.

Mas alguém poderia dizer:

Qual é esse tempo certo?

Bom, basta observar os sinais.

Quando alguma coisa está para acontecer

ou chegar até sua vida,

pequenas manifestações do cotidiano

enviarão sinais indicando o caminho certo.

Pode ser a palavra de um amigo,

um texto lido, uma observação qualquer.

Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará

de colocar você no lugar certo,

na hora certa, no momento certo,

diante da situação ou da pessoa certa.

Basta você acreditar que nada acontece por acaso.

Talvez seja por isso que você esteja

agora lendo estas linhas.

Tente observar melhor o que está a sua volta.

Com certeza alguns desses sinais

já estão por perto e você nem os notou ainda.

Lembre-se, que o universo sempre

conspira a seu favor quando você possui um

objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.


Este é um poema de Paulo Coelho. Agora desejo à você uma boa semana e que, comecemos a caminhar... Que você possa perceber o mundo que existe entre o primeiro e o segundo passo, e assim possa ver a caixa mágica de possibilidades que recheiam a sua vida, todos os dias.

88 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo